Início do Horário de Verão – Configurar o Cupom Fiscal

horario-de-verao-entra

No dia 15 de outubro começa o horário de verão e a impressora de cupom fiscal deverá ser configurada e adiantada o seu relógio interno em 1 hora.

O computador também deverá estar com o seu relógio correto, caso contrário pode o PDV-ECF não inicializar por divergência de horários. O relógio do ECF é independente ao do computador, ou seja, alterando o horário no micro não altera o horário no ECF.

COMO ALTERAR O HORÁRIO NA IMPRESSORA DE CUPOM FISCAL – ECF

Para alterar o ECF para entrar em horário de verão no sistema emissor de cupom fiscal (Venda Fácil – CheckOut) clique no ‘Menu Fiscal’ ou tecle F7 no teclado do seu computador e será aberta uma janela, conforme podemos ver na figura abaixo:

menu-fiscal-ecf

Clique no botão ‘Entrar/Sair Horário de Verão’ e será aberta uma janela conforme podemos ver na figura abaixo:

horario-de-verao-1

Mostrando a situação da impressora como Horário de Verão Desabilitado clique no botão ‘Mudar Horário’ e será habilitado o horário de verão na impressora fiscal adiantando o seu relógio interno em 1 hora.

Como podemos ver nas instruções da tela este procedimento só irá funcionar se não foi realizada nenhuma venda no dia e após a redução Z.

NOTA: Este procedimento pode não funcionar em algumas impressoras fiscais mais antigas ou que tenham algum problema neste recurso junto ao sistema. Sendo assim deverá ser feito utilizando o programa específico de configuração do fabricante da impressora fiscal. Se necessitar de algum suporte neste momento entre no chat e informe que o ECF não está entrando em horário de verão pelo procedimento do menu fiscal ou está dando alguma mensagem de erro e o suporte poderá auxiliar neste procedimento.

ATUALIZAÇÃO DO PROGRAMA APLICATIVO FISCAL EM SC

Informamos que o Estado de Santa Catarina através do ato DIAT 17/2017 estabelece que ficam obrigados a partir de 01/10/2017 conforme cronograma de obrigatoriedade de acordo com o código CNAE do estabelecimento, no final deste informativo, ao uso do Programa Aplicativo Fiscal (PAFECF) previamente certificado e configurado em atendimento ao perfil de requisitos “V” (Comércio Varejista).

Mais conhecido como “Bloco X”, esta obrigatoriedade exige a transmissão para a Secretaria da Fazenda do Estado de Santa Catarina de forma interligada os seguintes dados:

– Envio diário dos dados da “Redução Z”, em ordem sequencia ascendente;

– Envio mensal do saldo de estoque de todos os produtos;

– Se a empresa ficar 10 dias sem enviar os dados, o Emissor de Cupom Fiscal será bloqueado;

– Somente será reativado o Emissor de Cupom Fiscal se ocorrer pelo menos o envio de um dia.

A Secretaria da Fazenda do Estado de Santa Catarina enviará o “Recibo do Fisco, confirmando o envio dos dados.

Os dados enviados diariamente são o volume de vendas, totalizado por “Meio de pagamento” (dinheiro, cheques, cartões, etc.), e mensalmente deverá ser enviado para a Secretaria da Fazenda do Estado o saldo de estoque de cada produto cadastrado no sistema.

Nota: Os servidores do SEFAZ ainda não estão recendo os arquivos, portando estes arquivos mesmo que gerados não estão sendo enviados para o SEFAZ.
Para verificar qual versão está em funcionamento em sua empresa verifique da seguinte forma:
Com a redução Z e leitura X já emitidas e sem venda em andamento, selecione o Menu Fiscal (F7), na tela que irá aparecer clique no ícone conforme imagem abaixo:
unnamed
Clicando no botão irá ser impresso as informações de seu aplicativo, importante procurar qual versão está instalada no seu computador, necessário que seja ER 02.04.
unnamed2
Nota: Os comunicados contábeis estão informando sobre a versão ER 02.03 porém nosso sistema já esta uma versão atualizada devido a homologação recente, sendo essa versão ER 02.04.

O Diretor de Administração Tributária do Estado de Santa Catarina, por meio do Ato DIAT n° 17/2017 (DOE de 31.07.2017), estabelece o cronograma de obrigatoriedade de transmissão de arquivos eletrônicos digitalmente assinados, por estabelecimentos usuários de Equipamento Emissor de Cupom Fiscal (ECF) e do Programa Aplicativo Fiscal PAF-ECF.

Os arquivos eletrônicos aludidos devem ser transmitidos com observância dos Requisitos LVIII (Arquivo com Informações da Redução Z do PAF-ECF) e LIX (Arquivo com Informações do Estoque Mensal do Estabelecimento) do Bloco X do Anexo I do Ato COTEPE/ICMS 09/2013, bem como do leiaute estabelecido no Despacho do Secretário Executivo do CONFAZ n° 45/2017.

cronograma de obrigatoriedade, definido de acordo com o código CNAE do estabelecimento, é o seguinte:

CNAE Atividade Início de obrigatoriedade
4731-8/00 Comércio varejista de combustíveis para veículos automotores 01.10.2017
4713-0/01 Lojas de Departamentos ou Magazines 01.03.2018
4711-3/01 Comércio varejista de mercadorias em geral, com predominância de produtos alimentícios hipermercados 01.06.2018
4701-3/02 Comércio varejista de mercadorias em geral, com predominância de produtos alimentícios supermercados
5611-2/01 Restaurantes e similares 01.09.2018
5611-2/02 Bares e outros estabelecimentos especializados em servir bebidas
5611-2/03 Lanchonetes, casas de chá, de sucos e similares
Demais estabelecimentos enquadrados nos códigos da Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE) de Comércio Varejista 01.12.2018

 

Nota Fiscal Eletrônica de Serviço

obrigacao-emissao-nfe

A partir do dia 01 de abril de 2017 as empresas prestadoras de serviço da cidade de Jaraguá do Sul/SC tiveram a obrigatoriedade de fazer a emissão da nota fiscal de serviço eletronicamente através do sistema FLY e-Nota da empresa Betha Sistemas através do site da prefeitura municipal, não sendo permitida a emissão de serviços através de cupom fiscal e nota fiscal manual ou NF-e conjugada, sendo somente permitida a emissão da NFS-e (nota fiscal de serviço eletrônica).

O nosso sistema BYTECOM ERP Imperium já está homologado para fazer a integração da emissão da NFS-e sem a necessidade da utilização do site da prefeitura para fazer a emissão desta.

Os clientes que desejarem fazer a implantação do módulo para a emissão da NFS-e (nota fiscal de serviços eletrônica), facilitando assim o trabalho diário, deverá encaminha um e-mail para  financeiro@bytecom.inf.br solicitando a liberação da emissão da NFS-e (nota fiscal eletrônica de serviços) e o suporte retornará para ser feita esta implementação no sistema.

Para cliente que já possuem módulo de emissão de NF-e este módulo tem o valor de implantação e configuração de R$ 420,00 com pagamento para 10 dias a partir da data de implantação e a mensalidade do sistema não sofrerá alteração, para clientes que ainda não emitem NF-e o valor deve ser consultado com nossa equipe comercial.

Para agilizar o procedimento é necessário solicitar a liberação previamente da prefeitura, isso deve ser feito pela empresa responsável pela contabilidade e o sistema deve estar previamente atualizado.

Alterações Importantes no Sistema

Neste informativo estaremos comentando algumas alterações que foram feitas no sistema e que irão alterar a rotina de trabalho e aparência do sistema para os clientes que ainda estão utilizando o sistema na aparência antiga.

1 – Alteração na entrada de nota de fornecedores.

Toda nota fiscal de entrada de fornecedor feita no sistema pelo recebimento de nota não está mais sendo processada no momento da gravação quando clicado no botão ‘Salvar’, ou seja, não está abastecendo o estoque e não está entrando em contas à pagar. Para finalizar o processo a nota de entrada deverá ser confirmada clicando no botão ‘Confirmar’, conforme pode ser visto na figura abaixo:

convirma

Somente confirmando a entrada da nota o estoque será abastecido e o financeiro também, desta forma quando salvamos uma nota de entrada a mesma ainda pode ser alterada ou terminada antes de ser confirmada.

Não é mais permitido pelo sistema a exclusão de uma nota fiscal de entrada, somente o seu cancelamento e se a nota já estiver sido confirmada será retirado o estoque e o financeiro já informados.

2 – Alteração de aparência do sistema.

Para os clientes que ainda estão utilizando a aparência antiga do sistema, conforme podemos ver abaixo:

menu

A partir de abril somente poderão utilizar a nova aparência de menus do sistema no estilo office, conforme podemos ver abaixo:

menu2

Esta alteração está sendo feita para facilitar o suporte e também porque o menu antigo não está mais suportando todos os recursos que estão sendo implementados no sistema.

Devolução do contrato assinado.

Os clientes que ainda não fizeram a devolução do contrato de prestação de serviços assinado que foi enviado por e-mail juntamente com instruções e os boletos das mensalidades, poderão ficar com o sistema bloqueado.

VEJA OS VÍDEOS ABAIXO

O contrato poderá ser assinado por uma das duas formas conforme abaixo:

  1. Assinado na última página pelo representante legal da empresa e rubricada todas as demais páginas e enviar pelo correio, entregar pessoalmente na BYTECOM ou digitalizado (não será permitido foto).
  2. Assinar digitalmente diretamente no arquivo em PDF (veja como fazer no arquivo, em anexo, ‘Manual de assinatura digital’).

O contrato já está assinado por nós digitalmente (não precisando assinar da forma convencional) e sendo assinado pela outra parte também digitalmente é só nos enviar o contrato para o e-mail comercial@bytecom.inf.br.

VEJA OS VÍDEOS

Para que o contrato seja assinado digitalmente o nosso cliente deverá ter instalado em seu computador a versão 10 ou superior do lentor de PDF – Acrobat Reader. Para ver como instalar este programa veja o vídeo abaixo:

Como instalar o programa acrobat reader

Caso não saiba como fazer a assinatura digital em um documento, veja o vídeo abaixo:

Como assinar o contrato da BYTECOM digitalmente

 

Fim do Horário de Verão – Configurar Cupom Fiscal

fim-horario-de-verao

No dia 18 de fevereiro termina o horário de verão e a impressora de cupom fiscal deverá ser configurada e atrasado o seu relógio interno em 1 hora.

O computador também deverá estar com o seu relógio correto, caso contrário pode o PDV-ECF não inicializar por divergência de horários. O relógio do ECF é independente ao do computador, ou seja, alterando o horário no micro não altera o horário no ECF.

COMO ALTERAR O HORÁRIO NA IMPRESSORA DE CUPOM FISCAL – ECF

Para alterar o ECF para entrar em horário de verão no sistema emissor de cupom fiscal (Venda Fácil – CheckOut) clique no ‘Menu Fiscal’ ou tecle F7 no teclado do seu computador e será aberta uma janela, conforme podemos ver na figura abaixo:

menu-fiscal-ecf

Clique no botão ‘Entrar/Sair Horário de Verão’ e será aberta uma janela conforme podemos ver na figura abaixo:

habilitado-verao

Mostrando a situação da impressora como Horário de Verão Habilitado clique no botão ‘Mudar Horário’ e será desabilitado o horário de verão na impressora fiscal atrasando o seu relógio interno em 1 hora.

Como podemos ver nas instruções da tela este procedimento só irá funcionar se não foi realizada nenhuma venda no dia e após a redução Z.

NOTA: Este procedimento pode não funcionar em algumas impressoras fiscais mais antigas ou que tenham algum problema neste recurso junto ao sistema. Sendo assim deverá ser feito utilizando o programa específico de configuração do fabricante da impressora fiscal. Se necessitar de algum suporte neste momento entre no chat e informe que o ECF não está entrando em horário de verão pelo procedimento do menu fiscal ou está dando alguma mensagem de erro e o suporte poderá auxiliar neste procedimento.

logocertificadodigitalSeu certificado digital está vencendo?

A BYTECOM está com mais uma novidade, além do ERP com a qualidade que você já conhece, estamos agora comercializando certificados digitais.

Entre em contato com um de nossos consultores e solicite seu orçamento.

Fone: (47)3370-0735 / 3055-0007 – certificado@bytecom.com.br

 

Atualização da tabela IBPT e NCM

Comunicado 2017_001 – ALTERAÇÃO DE NCM – INCLUSÕES E EXCLUSÕES.

Informamos que foi publicada no Portal da Nota Fiscal Eletrônica a Nota Técnica nº 003/2016, Versão 1.0, de dezembro de 2016, que trata sobre a nova tabela de NCM que já está em vigência dede 1º de janeiro de 2017, apresentando inclusões e exclusões de códigos na tabela de NCM – Nomenclatura Comum do Mercosul, com o objetivo de regulamentar as alterações na tabela de NCM utilizada pela Nota Fiscal Eletrônica – NF-e.

A data de vigência desta alteração foi dia 01/01/2017 conforme Resolução Camex nº 125/16, o que acabou dificultando a implementação da nova tabela de NCM, sendo então definido como prazo de tolerância para uso da tabela anterior até 31/03/2017, até esta data serão aceitas as notas fiscais que utilizem NCM extintas.

ATUALIZE AS TABELA FISCAIS DO SISTEMA

Mantenha as tabelas fiscais atualizadas frequentemente a cada quatro ou seis meses. Para fazer a atualização das tabelas fiscais vá no menu ‘Fiscal’ clique na opção ‘Classificação Fiscal’ e no botão ‘Outros’ escolha a opção ‘Atualiza Tabelas Fiscais’, conforme podemos ver na figura abaixo:

atualiza-2

Na janela que se abre clique no botão ‘Iniciar’ e todas as tabelas serão atualizadas.

INFORMAÇÃO SOBRE ATUALIZAÇÃO DOS CÓDIGO CEST

Devido a prorrogação da entrada em vigor da obrigatoriedade do código CEST para julho de 2017, foi feita uma alteração no sistema em cadastro de produtos, antes estava bloqueando o salvamento do produto com substituição tributária se não fosse informado o código CEST, agora só está mostrando uma mensagem de alerta e permite continuar o cadastro sem a inclusão do código CEST, porém, quando entrar em vigor o sistema voltará a bloquear os produtos sem CEST.

INVENTÁRIO DO ESTOQUE EM 31/12.

Em 31 de dezembro as empresas deverão fazer o levantamento de estoque, no qual deverão relacionar todas as mercadorias e produtos para comercialização ou industrialização a preço de custo e entregar o relatório para a sua contabilidade até 15 de janeiro.

É indispensável a entrega no prazo acima citado, sendo que depende do mesmo o fechamento do balanço e a entrega da Declaração Anual do Simples Nacional ou do Imposto de Renda Pessoa Jurídica, conforme o caso pela contabilidade.

Além das obrigações acima, com a alteração na legislação dispensando o Registro do Livro de Inventário, essa informação passará a ser apresentada no arquivo do SINTEGRA referente ao mês de janeiro que tem o prazo de entrega em 25 e fevereiro.

Para fazer o inventário no sistema siga as instruções no manual que se encontra em: Suporte > Ajuda, conforme podemos ver na figura abaixo.

inventario

HORÁRIO DE FIM DE ANO

Estaremos de férias no período de 22/12/2016 à 04/01/2017 e o suporte estará de plantão em horário e pessoal reduzidos das 08:00 às 11:30 e das 14:00 às 17:30 (somente para atendimento de urgência).

Os clientes que ainda não fizeram a renovação do contrato que expira no dia 31/12/2016 (veja o informativo ‘Atualização e Renovação de Licença do Sistema’) fazer a renovação até o dia 20/12/2016, para que não tenham problemas com bloqueio do sistema.

DESEJAMOS À TODOS UM FELIZ NATAL E UM ÓTIMO 2017 COM MUITAS VENDAS E SUCESSO